Areia Branca aprova Lei da Cultura Oceânica

por Equilíbrio Eficaz publicado 21/07/2022 00h00, última modificação 20/07/2022 21h29
Em sessão extraordinária do último dia 20 de julho, foi aprovado por unanimidade matéria do poder executivo com a finalidade por aumentar a conscientização e incentivar os cidadãos a terem um comportamento mais responsável e informado em relação ao oceano e seus recursos.

Tal projeto tem diretriz em difundir uma cultura por desenvolvimento sustentável. A promoção da Cultura Oceânica é uma das metas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) sobre a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, proclamada pela ONU para a década de 2021 a 2030. O objetivo da Cultura Oceânica é difundir o conhecimento aos educadores de distintas disciplinas, para trabalhar conteúdos e desenvolver atividades voltadas à conscientização sobre conservação, restauração e uso sustentável do oceano e de seus recursos, bem como promover políticas públicas voltadas à conservação marinha.

O mar possui grande importância para nossa economia municipal. Nosso Estado contribui com 95% da produção de sal do país, e nossa Areia Branca é uma das grandes responsáveis por isso. Para não citar outras riquezas que temos, como a fauna marinha, não a toa, somos a capital estadual do atum.
De acordo com o novo projeto de lei, a secretaria de educação regulamentará como será promovida a promoção da cultura oceânica, vista como o "conjunto de processos que promove o letramento oceânico, ou seja, a compreensão dos princípios essenciais e conceitos fundamentais, que permitem conhecer a influência do oceano sobre nós e nossa influência no oceano" (parágrafo único do artigo primeiro da lei aprovada).
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.